Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
CAJATI, Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019
Buscar

Novos parquinhos e academias ao ar livre são alvo de vandalismo e furtos

Serviços Municipais

Sexta-feira, 02 de Agosto de 2019

Os serviços de reparo desses locais acabam adiando a inauguração de novos espaços

Novos parquinhos e academias ao ar livre são alvo de vandalismo e furtos

No primeiro semestre de 2019, a Prefeitura de Cajati instalou três academias ao ar livre, sete parquinhos em praças e bairros do município e também fez a manutenção em mais de 10 espaços como esses já existentes. Porém, a programação pode ser interrompida, pois o município precisa fazer reparos nos aparelhos, que estão sendo danificados pelo vandalismo e furtos ocorridos desde o primeiro dia das instalações. “Com esses estragos, temos que investir mais recursos em manutenção e adiar o que programamos”, lamenta o prefeito de Cajati, Vavá Cordeiro. 

Segundo o prefeito, já está em avaliação a retirada de alguns espaços. “Os aparelhos danificados podem colocar em risco os usuários e levar uma criança ou um adulto a se machucar. Por isso, se os danos continuarem, vamos avaliar a suspensão da programação e a retirada de alguns aparelhos que estão em locais onde se repetem os vandalismos e dificultam a sua conservação”, pondera.

O objetivo da Prefeitura de Cajati é oferecer mais qualidade de vida aos moradores do município com os novos parquinhos e academias ao ar livre. “Esses espaços são uma excelente opção para praticar exercício físico e cuidar da saúde do corpo gratuitamente, além de oferecer entretenimento às crianças”, considera Vavá Cordeiro e pede aos munícipes: “Solicitamos que todos usufruam das novas instalações com cuidado, ajudem a cuidar do que é patrimônio de todos nós e denunciem aqueles que causam esses prejuízos.” O contato para a denúncia é o (13) 99610-8638, com a engenheira e assessora técnica do Departamento de Planejamento Urbano, Rita Becher Rodrigues.

 

FacebookTwitterWhatsApp

voltar para a listagem de notícias...