Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação

Cajati, Sexta-feira, 30 de Julho de 2021 Telefone (13) 3854-8700

Atendimento Atendimento: De segunda a sexta-feira, das 8h às 17h

Sext
30/07
18 °C
4 °C
Índice UV
6.0
Sáb
31/07
18 °C
7 °C
Índice UV
6.0
Domi
01/08
17 °C
12 °C
Índice UV
6.0
Segu
02/08
19 °C
12 °C
Índice UV
6.0

Desenvolvimento Econômico - Quinta-feira, 10 de Junho de 2021

Notícias por Categoria

Os problemas ambientais gerados pelos homens nos espaços urbanos


Os problemas ambientais gerados pelos homens nos espaços urbanos

A crescente ocupação da população urbana e a alteração da natureza para construir as cidades têm gerado problemas ambientais, como o aumento na geração de resíduos e o seu descarte incorreto, a impermeabilização do solo, o lançamento de esgoto in natura e as enchentes.

Os resíduos descartados incorretamente, como queima, despejo em rios ou largados em terrenos baldios, trazem severos impactos nos solos, águas e ar e geram substâncias tóxicas. 

Os gases quando queimados, contaminam o solo e atraem animais transmissores de doenças como ratos e baratas, além de provocar um odor desagradável. 

A impermeabilização do solo por cimento e asfalto é necessário para o desenvolvimento das atividades urbanas, mas acaba interferindo na penetração da água no solo, aumentando a quantidade de água que escoa pela superfície, gerando enxurradas. O descarte incorreto dos resíduos ficam sujeitos a serem carregados pelas chuvas até os bueiros, causando entupimentos. Essa água suja acumulada pode agravar ainda mais a saúde pública, como o favorecimento da proliferação do mosquito da dengue.

 O despejo de esgoto in natura é uma consequência direta dessa disparidade entre o crescimento populacional e a infraestrutura urbana. Esse sistemático lançamento de esgoto in natura causa um imenso impacto nos ambientes aquáticos, contaminando a água, além de proliferar as doenças de veiculação hídrica, como febre tifoide, cólera e amebíase, estando também ligada à transmissão de verminoses, como a esquistossomose.  Outra consequência é a redução da disponibilidade de água doce para consumo e utilização.

Pequenas atitudes contribuem para a melhoria do meio ambiente urbano, como a separação do lixo e disponibilização à coleta municipal, não jogar lixo nas ruas, bueiros e rios, a ligação do esgoto doméstico à rede disponível e aumento dos espaços verdes para aumentar a infiltração de água são algumas das ações positivas que podem ser adotadas pela população.

Saiba mais: O processo de industrialização, iniciado com a revolução industrial do século XVIII, transformou a organização da sociedade e a condição socioambiental dos aglomerados urbanos, trazendo a população dos campos para as cidades.

Alguns países, como o Brasil, tiveram sua industrialização tardia, ocorrendo de forma muito acelerada e em um curto espaço de tempo, criando um vácuo entre a urbanização e a organização do espaço urbano para absorver esse crescimento. Surgem assim problemas ambientais como descarte de resíduos, enchentes, poluição do ar, poluição sonora, despejo de esgoto in natura nos rios.

 

 

FacebookTwitterWhatsAppImprimir

Voltar para a listagem de notícias

CALENDÁRIO DE EVENTOS

ACOMPANHE-NOS

UNIDADES FISCAIS

Fique por dentro dos índices - ver todas

Nenhuma unidade fiscal cadastrada no momento!

Prefeitura Municipal de Cajati - SP.
Usamos cookies para melhorar a sua navegação. Ao continuar você concorda com nossa Política de Cookies e Políticas de Privacidade.