Texto Maior
Texto Maior
Texto Maior
Texto Menor
Texto Menor
Texto Normal
Texto Normal
Contraste
Contraste
Libras
Libras
Vlibras

O conteúdo desse portal pode ser acessível em Libras usando o VLibras

Acesso à informação
Acesso à informação
CAJATI, Domingo, 23 de Fevereiro de 2020
Buscar

Prefeito se reúne com a Secretaria de Habitação em São Paulo para agilizar regularização fundiária em Cajati

Gabinete

Sexta-feira, 16 de Agosto de 2019

Na reunião foi tratada a conclusão do processo para o Jardim Cardoso de Freitas e solicitado mais agilidade para os trabalhos técnicos do Bico do Pato

Prefeito se reúne com a Secretaria de Habitação em São Paulo para agilizar regularização fundiária em Cajati

Na foto, da esquerda para a direita, a presidente da Comissão Municipal de Regularização Fundiária (COMURF) e advogada do Departamento Jurídico de Cajati, Dra. Herly Carvalho, a secretária executiva do Programa Cidade Legal, Dra. Daniela Altavista, o prefeito de Cajati, Vavá Cordeiro, e o presidente da Câmara Municipal de Cajati, Geraldo Divino.

 

Nessa quinta-feira (15/08), o prefeito Vavá Cordeiro, a presidente da Comissão Municipal de Regularização Fundiária (COMURF) de Cajati, Dra. Herly Carvalho, e o presidente da Câmara Municipal de Cajati, Geraldo Divino, estiveram em uma reunião com autoridades da Secretaria de Estado da Habitação de São Paulo e do Programa Cidade Legal – que auxilia na regularização dos núcleos habitacionais implantados em desconformidade com a lei - na capital paulista para discutir os processos de regularização fundiária dos bairros Jardim Cardoso de Freitas e Bico do Pato, em Cajati. “Queremos agilizar esse trabalho, pois sabemos da importância dos imóveis legalizados para os nossos moradores”, considera o prefeito Vavá Cordeiro.

Para o bairro Jardim Cardoso de Freitas, os títulos já estão em confecção e a regularização fundiária entra na fase de conclusão. Já para a área do bairro Bico do Pato, os representantes de Cajati solicitaram a agilidade desse processo. “Todas as medidas ambientais, urbanísticas e de instalação de equipamentos públicos já foram tomadas e eu acredito no potencial do bairro. É um núcleo bem populoso, com 700 ocupações, e seria uma realização profissional concluir esse trabalho o mais breve possível”, afirma a presidente da COMURF, Herly Carvalho.

 

Da esquerda para a direita, o secretário de Estado da Habitação de São Paulo, Flavio Amary, o prefeito de Cajati, Vavá Cordeiro, e o assessor parlamentar Edson Marcusso.

 

 

FacebookTwitterWhatsApp

voltar para a listagem de notícias...